Aquecimento do Re-Pa #02

2000 – Paysandu 2×1 Remo

 

No campeonato paraense em que o Remo se salvou do rebaixamento por causa de uma virada de mesa, houve um Re-Pa decisivo. Apenas um dos rivais se classificaria para o pentagonal final da competição. Num playoff de três jogos, o Paysandu levou a melhor. O primeiro deles, no dia 1º de junho, foi decidido com um belo gol de Jóbson.

 

 

1998 – Paysandu 2×1 Remo

 

O ano seguinte à quebra do tabu foi também da quebra da sequência de cinco títulos do Remo no Parazão. Num dos Re-Pas pelo campeonato estadual daquele ano, o meio-campo Júlio César, apelidado de “Imperador”, decidiu o clássico a favor do Papão.

 

 

1993 – Paysandu abandona o campo

 

O jogo valia pelo campeonato paraense e estava 1×1 quando o árbitro marcou um pênalti controverso contra o Paysandu. Em protesto, os jogadores do Papão decidiram abandonar o gramado. Atitude semelhante se repetiria num Re-Pa de 96, depois que três bicolores foram expulsos.

 

 

2004 – Remo 2×0 Paysandu

 

Este Re-Pa valeu a conquista do bicampeonato estadual para o Leão. Mesmo debaixo de uma chuva digna de Arca de Noé, o Leão conseguiu manter os 100% de aproveitamento no Parazão.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: