Chuteira furada no calo dos outros é refresco

Na semana passada, Travinha insinuou que o atacante Albertinho poderia ter feito corpo mole para enfrentar o Remo. Entretanto, o próprio jogador provou no fim de semana que a história do calo no pé não era cascata. Fez um gol em cima do Paysandu e confessou, após o jogo, que só conseguiu entrar em campo porque cortou a parte de trás da chuteira direita. Assim, o calo no calcanhar incomodaria menos. A história curiosa ganhou espaço inclusive na edição nacional do Globo Esporte. E é por isso que o blog faz um mea culpa e parabeniza Albertinho pela criatividade.

 

Mas não custa nada perguntar: por que ele não usou a chuteira furada no jogo contra o Remo?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: