Remo pula fogueira (e poças) no Piauí

Foi exatamente do jeito que o técnico Flávio Campos previu. A estréia do Remo na Copa do Brasil foi um jogo duro num gramado pesado e enlameado (não muito diferente dos campos de Belém durante o inverno, no entanto). Mas o Leão saiu do Piauí com uma vitória de 1×0 sobre o Barras e uma pequena vantagem para o jogo de volta, no dia 18 em Belém.

 

A vantagem de jogar por um empate merece cautela, já que o Remo tem um rico histórico recente de perder dentro de casa classificações que pareciam fáceis na Copa do Brasil. Vamos lá: Corinthians-96, Palmas-2004, Figueirense-2005 e Central-2008… Cabe à torcida ir ao Baenão apoiar o time e acreditar que, em duas semanas, o técnico Flávio Campos pode solucionar os problemas no meio-campo e no ataque do time.

 

Destaque para o menino Neto, meio-campista de origem que foi improvisado na lateral-direita no Piauí e fez o gol da vitória. Assim, ele se credencia para jogar em uma posição que, até então, só tinha Levy como única opção.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: