O novo Giovanni?

paulo-henrique-lima1

 

A comparação é prematura e perigosa, mas já é feita pela imprensa paulista. A bola da vez é Paulo Henrique Lima, autor de um golaço na vitória do Santos sobre o Guarani por 3×1 neste fim de semana. Não faltam motivos para a analogia: assim como o craque do Peixe no Brasileirão de 95, Paulo Henrique joga no meio-campo, tem um estilo criativo e… é paraense!

 

O menino de 19 anos nasceu em Ananindeua e começou no futsal. Pela Tuna Luso, entre 1998 e 2001, fez 70 jogos nas categorias pré-mirim, mirim e infantil. Marcou 209 gols. Média de 2,9 por partida. Mas sabe-se lá por que motivo não foi levado para os gramados pelos clubes paraenses. No futebol de campo, começou nas categorias de base do próprio Santos. Foi bicampeão paulista sub-20 em 2007 e 2008, já usando a mítica camisa 10.

 

No ano passado, subiu para o time profissional. Fez três jogos pelo campeonato paulista e outros três pelo brasileiro. Passou pelas mãos de dois treinadores: Leão e Cuca. Mas não agradou. Voltou para a base. “Cheguei a pedir para ser emprestado. Só que o Marcelo Teixeira (presidente do Santos) não deixou. Agradeço a Deus pela nova oportunidade”, diz Paulo Henrique.

 

A reestréia como profissional não poderia ser melhor. Ele fez o gol da vitória contra o Guarani, na Vila Belmiro. Mas não foi qualquer gol. Foi um chute preciso, colocado, no ângulo. E o mais importante de tudo: consciente, segundo o próprio jogador. “Eu tava trabalhando esse chute nos treinamentos, tanto com a perna esquerda como com a direita. Eu sabia que a bola ia morrer lá dentro, só esperei estufar a rede”, afirma, deixando a modéstia de lado.

 

As comparações com Giovanni deixam Paulo Henrique envaidecido, mas ele prefere não citar o conterrâneo como única referência. “Me espelho em muita gente, como o Kaká. Acho que tenho o estilo parecido com o do Rivaldo”. Por outro lado, sabe que um golaço como cartão de visitas não é tudo. Principalmente quando há um técnico novo na área, como é o caso de Vágner Mancini no Santos. “Sou muito jovem. Ainda estou procurando meu espaço”.

 

Não é só espaço que o paraense precisa procurar. Mas também um novo apelido. O meio-campo precisou adotar o sobrenome depois que o zagueiro Paulo Henrique foi contratado. Depois do jogo de domingo, foi cobrado por jornalistas para inventar outro jeito de ser chamado, para não parecer um funcionário de repartição. Relembrou de um apelido dado por um roupeiro do Santos e pediu para virar Henrique Ganso. Se o futebol do garoto pegar, a seleção brasileira pode virar em breve uma lagoa, onde cabem um Ganso e um Pato. Trocadilhos infames à parte, confiram o golaço do menino paraense:

 

Anúncios

4 Responses to O novo Giovanni?

  1. Monica Lage disse:

    Que pena que o Video saiu do ar!

  2. layana brito disse:

    paulo henrique, sou uma paraense, muito apaxonada por você, e principalmente pelos seus gols !
    acompanho vc desde o principio !

    Te amo
    bjs bjs !

    by: Layana !

  3. carol disse:

    eu quero dizr para Paulo herinque conhecimdo por apelido ganso qu eu so fã dele nao so como jogando e tambem pela gara …….
    nem sempre tudo que q

  4. carol disse:

    eu quero dizr para Paulo herinque conhecimdo por apelido ganso qu eu so fã dele nao so como jogando e tambem pela gara …….
    nem sempre tudo que quero temos e ele mostrou que se corremos atras conseguimos o que queros……..
    bjossssss.
    estou torcendo pra santos princialmente pra vc.
    fick com DEUS…….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: